Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quinta-feira, 27 de julho de 2017

A INDISPENSÁVEL REFORMA POLÍTICA, QUE JÁ COMEÇA TRAÍDA E ENXOVALHADA

HELIO FERNANDES

A Lava-Jato foi o fato mais importante acontecido no Brasil nos últimos 3 anos. Verdadeira revolução, embora o número de condenados e presos, tenha sido muito menor do que se imagina. E personagens importantes, poderosos, corruptissimos tenham sido presos, e logo depois libertados ou nem condenados.

Tudo isso porque a decadência do judiciário acompanhou a transformação da política em politicalha. E não livrou nem o Executivo. Pela primeira vez na nossa tumultuada Historia, o chefe do Executivo (presidente da Republica)está na iminência de ser investigado. O que só não aconteceu até agora, pela cumplicidade  e corrupção do Legislativo.

E pela interpretação duvidosa e equivocada do próprio Supremo Tribunal. Guardião da Constituição, leu-a de trás pra frente e de cabeça pra baixo, e enquadrou o senhor Michel Temer de forma esdrúxula, dilacerando a Constituição e a sua própria reputação.

Onde a Constituição estabelece que presidentes eleitos pelo SUFRÁGIO POPULAR, para serem investigados, precisam de autorização da Câmara, colocaram DESASTRADAMENTE o atual e AINDA presidente.

Os senhores Ministros do Supremo precisam informar á comunidade, quando e onde aconteceu o SUFRAGIO POPULAR, que vem garantindo a impunidade  de Michel Temer.

Pelo visto, com toda a sua autoridade, o Supremo equiparou a conspiração parlamentar que levou Temer ao poder, ao sagrado SUFRAGIO POPULAR. È um equivoco praticado abertamente, que o próprio Supremo pode eliminar. Nada mais grandioso do que a recuperação e a reabilitação.

O PÓS LAVA-JATO

Essa investigação e a condenação irreversível da maioria das acusados, naturalmente, chegarão ao fim. Havia uma crença que vai se transformando em descrença de vitoria da justiça. Se esvaindo e se deteriorando.

De qualquer maneira, haja o que houver é preciso profunda e indispensável reforma política. A falha e o predomínio da corrupção, é própria dos políticos. Mas com a ajuda do sistema partidário vigente.

PRESIDENCIALISMO PLURI PARTIDARIO

Uma aberração que combato ha 20 anos. Não existe em nenhum país do mundo, um sistema que seja ao mesmo tempo PRESIDENCIALISMO e PARLAMENTARISMO. Criaram uma comissão de reforma política, que para começo de conversa, fez duas propostas barbaridades

1- Adoção do parlamentarismo.

2- Os candidatos não podem ser presos 8 meses antes da eleição. Estou tão revoltado, que paro por aqui. Mas voltarei.

PRISÃO DO EX-PRESIDENTE DO BANCO  DO BRASIL E DA PETROBRAS

Quando Dona Graça foi demitida da Petrobras, por raiva e vingança da amiga Dilma, um nome surgiu unânime e foi logo nomeado: o presidente do BB. alguém lembrou: "O Bendine gosta de facilitar empréstimo para amigas". Não adiantou.

Ontem pela madrugada foi preso. Motivo: recebeu 3 milhões da Odebrecht. Corrupto, irresponsável, audacioso.Em plena investigação.

EDUARDO CUNHA

Surgem cada vez mais acusações irrefutáveis contra ele Nos mais diversos setores. Comprovado: a fortuna que ganhou no Fundo de Previdência da Cedae, é incalculável. De Curitiba dizem que nos próximos 4 meses receberá uma nova condenação.

Isso em relação a ele, pessoalmente. Mas falam também, que o tribunal de Porto Alegre, reformará a decisão de Sergio Moro, que absolveu a mulher dele.

A FORTUNA DE MEIRELLES

Dizem que quando deixou a presidência do Banco de Boston para tentar a carreira política no Brasil, trouxe 217 milhões de reais. Comprou um mandato de deputado, 183 mil votos. Não chegou a tomar posse. No aeroporto de Brasília, conheceu Lula, eleito presidente para o primeiro mandato de Presidente.

Convidado para presidente do Banco Central aceitou logo. Ficou 4 anos, Lula não gostou, não o manteve para o segundo mandato,ficou revoltado.


Mas logo conheceu os Batista, assumiu a presidência do Conselho de Administração da JBS. Falam que ganhou muito mais do que em 30 anos no Banco de Boston. E sem conhecimento da Receita. Nada surpreendente.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

NEM 172, NEM 342

HELIO FERNANDES

A corrupção vem se multiplicando, desde que Temer foi á sede da JBS e conheceu um dos Batista e o único dos Meirelles, o pais só foi mergulhando na decadência. Temer era vice, Meirelles o importante presidente do Conselho de Administração da empresa. Os 3 se juntaram criminosamente. 

Isso aconteceu em 2014, na campanha presidencial. O vice foi resolver uma doação de 50 milhões, que estava  sendo disputada por deputados e senadores do PMDB.

Resolveu. Mas não imaginava que Joesley fosse a mina de ouro que se revelou. Estabeleceram uma ligação tão instantânea, que ao se retirar, no fim da tarde, escreveu num papel o numero do seu celular e entregou a ele. E como recompensa, recebeu a intimidade com Meirelles.

(Temer sabia, não podia ignorar. A JBS roubou os Fundos das 4 maiores estatais:Banco do Brasil, Correios, Caixa Econômica, Petrobras. 

Prejuízos para os funcionários de 8 bilhões. Escândalo nacional, um dos Batistas foi preso, só ficou 3 dias. Depositou 1 bilhão,520 milhões para prevenir prejuízos futuros.

O processo está engavetado, não aconteceu nada aos Batistas,embora não fossem, na época, a potencia que são hoje).

A GUERRA NUMÉRICA

Aconteceu tanta coisa, a partir da reeleição de 2014, a posse em 2015, o pedido de cassação de Aécio Neves e o PSDB, o aparecimento do notório Gilmar Mendes, o Ministro sem toga, que chegamos á constatação inédita na Historia: um presidente no limiar de sair do palácio preso.

Isso só não aconteceu até agora, por causa das bandalheiras de Temer e sua TROPA DE CHEQUE. (Royalties para o jornalista José Simão).

No momento, apenas perspectivas e estimativas. A oposição não tem de MANEIRA ALGUMA 342 votos. O governo, apesar dos votos comprados e da terrível cabala de bastidores, não tem de MANEIRA ALGUMA 172 votos. 

Mas isso não é definitivo. Nos 6 dias que faltam para começar a votação , muita coisa vai acontecer. E surpreender.

OUTRO 342 INDISPENSÁVEL

A sessão só pode ser aberta e iniciado o julgamento do presidente corrupto, com esse numero de deputados no plenário. 

E isto é rigorosamente verdadeiro: os lideres dos dois lados não concluíram, se devem ou não devem dar numero para a votação. Depois de anunciados os 342, eles não podem se retirar.

Para terminar por hoje: mesmo que o governo obtenha os 172 votos e a autorização seja negada, é apenas um episodio. No novo pedido do Procurador Geral,é impossível repetir toda a indignidade, a falta de caráter e de credibilidade.

SALÁRIOS DE 30 MIL, E AINDA GANHAM AUMENTO

São os Procuradores da Republica, milhares e milhares. Não tenho nada contra, pessoalmente ou em relação á  categoria. Alguns chegam a receber mais de 33 mil,fiquei na media de 30 mil. E passarão a acumular o aumento de 16 por cento, sobre os 33 mil.

Meu estarrecimento vem daí. 33 ou 30 mil é um salário suntuoso, receberão mais 5 mil, 183 reais. 

Por que só os Procuradores? Mais do que um detalhe, uma realidade inacreditável que vem da Receita Federal.Todo trabalhador, qualquer que seja a profissão, que tenha salário acima de  5 mil e 100 reais, desconta o máximo na fonte, 27,5%.

Trabalha presumidamente para receber 5 mil e 100 reais, deixa com o empregador, para devolver á Receita, 1 mil 280 reais .Para aumentar o total á disposição dos corruptos tipo Temer e da quadrilha dos cumplices, acólitos e apaniguados.  


terça-feira, 25 de julho de 2017

A ROUBALHEIRA NA DITADURA, TOTAL. NOS MAIS DIVERSOS SETORES, INCLUINDO A PETROBRÁS

HELIO FERNANDES

As primeiras  divergências entre os generais, começaram por causa da corrupção. Existiam muitos corretos, até mesmo contra a tortura desvairada, que atingiu o apogeu com o "presidente" Médici. Os protestos contra o desperdício de dinheiro tiveram como alvo o mesmo Médici.

Faraônico, nababesco e perdulário, decidiu construir a rodovia Belém-Brasília, logo denominada como a estrada que "ligaria o nada a coisa alguma". Fortunas desperdiçadas. A seguir, Delfin Netto e Andreazza resolveram fazer a Ponte Rio - Niterói, uma obra útil, mas não  com aquele preço devastador e juro de 14 por cento, da Inglaterra.

Escrevi 6 reportagens, publicadas em 2 meses, com o titulo geral. "A ponte de OURO sobre o MAR de LAMA". Com nomes e sobrenomes, mais prisões. (E lembrando que pouco antes, o governador Lacerda construíra a Cedae, com financiamento dos EUA, de 1 e 5 oitavos, os americanos adoram essas frações anuais).

A PETROBRAS DO "JAPONEZINHO"

Ninguém enriqueceu como ele, que tinha a cobertura e a proteção do próprio Geisel. Nomeado presidente da Petrobras, que tinha a aura e produzia orgulho, com a campanha do “Petróleo é nosso" .Mas o que não existia mesmo era o petróleo, que o japonezinho" comprava com preço varias vezes superfaturado.E esse sobre preço, ia investindo todo no Texas, em petróleo, poço e refinaria. Os filhos foram morar lá, o pai ia de vez em quando, ficava aqui, cuidando dos recursos do  superfaturamento.

Mas surgiram as denuncias, Geisel teve que tirar o "japonezinho" da Petrobras. Só que Geisel, arrogante e audacioso, colocou o "japonezinho”  como Ministro de Ministro de Minas e Energia, ainda mais poderoso, dominando os dois cargos, cada vez mais rico. Shigeaki Ueki, esse o seu nome, continuou investindo no Texas. Mas continuou morando aqui e no Texas.

Esgotado prestigio de Geisel, rompeu s "amarras" com o Brasil, mudou definitivamente para o Texas. Ha mais de 20 anos não vem ao Brasil. Ele e os filhos são os mais ricos do Texas, em poços e refinarias de petróleo, ultrapassando os 2 Bushs, pai e filho, ex-presidentes dos EUA.

Neste momento em que o Brasil vive o ponto mais alto da corrupção com base na Petrobras, podiam incorporar o "japonezinho", o mais rico de todos,inteiramente esquecido ou deslembrado.

O MP QUER AFASTAR, O PRESIDENTE DA CBF

E pouco, mas pode ser o inicio de uma renovação. Deviam ter pedido logo a prisão desse senhor Del Nero, corrupto confesso. Não sai do Brasil com medo de ser preso, não viu nenhum jogo da seleção.

Parabéns ao MP, que ANULOU a reforma do estatuto. Deu todos os poderes a senhores desconhecidos das federações. Excluiu totalmente os clubes. A comunidade do país inteiro, torce, sofre e mantém os clubes. As federações só fazem explorá-lo. 

AUMENTO DE COMBUSTIVEIS

Um juiz Federal  de Brasília, acaba de anular o inacreditável aumento de combustíveis. Não vai demorar, e um outro magistrado (?), tornará sem efeito, a decisão do juiz Federal.

O DITADOR CARRASCO DA TURQUIA

Está completando 1 ano do  que ele chamou de golpe. Pretendia fazer parte da UE, agora os 27 países, nem querem  vê-lo ou ouvir falar nele. Prendeu ou demitiu 150 mil pessoas, fechou mais de 100 empresas de Comunicação.

 E hoje começa o julgamento arbitrário de 51 jornalistas. Apesar de tudo isso, sempre que pode, vai á televisão e não se cansa de repetir: "Duvido que exista no mundo, uma democracia mais autentica e apoiada pelo povo do que a da Turquia".

Outra insistência, que repete como se fosse um slogan: "Todo o golpe foi organizado por um clérigo que vive nos EUA". E pede a sua extradição, nem os EUA nem ele se interessam. Como é que apenas um personagem, ha anos sem sair dos EUA, isolado, pode organizar um golpe e movimentar centenas de milhares de pessoas. E sem o mínimo de resistência, de protesto, de manifestações.

MINISTÉRIO PÚBLICO X SERGIO MORO

AS relações em Curitiba já estiveram muito melhores. Eram quase afáveis,agora  são praticamente conflitantes. Em vários casos. Até mesmo em relação a Lula. Moro condenou o ex-presidente a 9 anos de prisão. Decorrido quase 1 mês,o MP pediu ao juiz para reabrir o processo.Moro recusou, já não tem mais nada a ver com esse processo.

Circularam rumores( registrei)  de que o MP considerava, que não existiam provas irrefutáveis para a  condenação.Mas não recorreram á Quarta Vara Federal. Já haviam surgido divergências nas absolvições da mulher de Eduardo Cunha e da de serginho cabralzinho.

O MP defendia a condenação das duas. Mas não recorreu para a Desembargadoria Federal de Porto Alegre. Só que ontem, terça feira á tarde, o MP pediu a condenação da mulher de serginho. Mas manteve o silencio em relação á mulher do ex-presidente da Câmara. 
Nenhuma divergência no crime de cumplicidade e lavagem de dinheiro, atribuído ás duas. Por que o recurso contra uma e o esquecimento da outra? Chatíssimo: não ha informação.Só rumores ou suspeitas.


A laboral não respeita as normas escritas
(...)  “É preciso acabar de vez com essa ironia do faz-de-conta, enquanto, impune, o mau pagador abre outro negócio e o trabalhador míngua sem o seu salário, e o primeiro volta a explorar a desprotegida mão-de-obra”.

ROBERTO MONTEIRO PINHO                  
           
A justiça laboral sempre demonstrou o quanto este judiciário, está distante de alcançar metas de produtividade e promover a entrega do resultado final ao trabalhador, conforme persegue o CNJ desde 2006, (ano em que foi detectado oficialmente o primeiro gargalo na JT), quando a taxa de congestionamento na primeira instância trabalhista foi de 51,76%, e na segunda instância  29,12%.

No Tribunal Superior do Trabalho (TST), a taxa era de 63,56%. Com este nível de solução os juízes deixaram pendentes 3,2 milhões de processos.  Em 2006, ingressaram na Justiça do Trabalho 3.504.204 novas ações. Foram julgados 3.306.831, no final do ano havia quase 200 mil processos a mais nas gavetas da Justiça do Trabalho, (que se somaram ao estoque de anos anteriores de cerca de 3 milhões de causas).

 Os dados fazem parte do programa Justiça em Números — Indicadores Estatísticos do Poder Judiciário, levantamento do Conselho Nacional de Justiça, divulgado com números referentes a 2006, ano que o plano de metas do CNJ.

Ocorre que este judiciário é exclusivo, é o tutelador e imperador de sua vontade na solução dos dissídios individuais e coletivos. São visíveis as causas da morosidade processual e da ineficiência da prestação jurisdicional, contaminada pela burocracia desmedida e as mais variadas e endêmicas situações do próprio sistema estatal de solução de controvérsias.

O malogro da morosidade causa ônus ao trabalhador. Já o juiz, o serventuário seja qual for o impasse, nada ocorre e o seu salário está garantido. No fim do mês seu salário está na sua conta corrente. Já o reclamante, depende não só do mau pagador, mas também das poucas hábeis manobras, para que este se converta em numerário.

Na verdade ninguém, autoridade alguma, órgão nenhum contra o judiciário brasileiro, sequer, o trabalhista consegue executar o mau pagador. Todos os dispositivos apresentados para a sociedade para comprovar que existe este controle, é uma embalagem mal produzida para um conteúdo cartorial medíocre.

Assim, pelo exposto, como fica o “Art. 764 da CLT” - Os dissídios individuais ou coletivos submetidos à apreciação da Justiça do Trabalho serão sempre sujeitos à conciliação. § 1º - Para os efeitos deste artigo, os juízes e Tribunais do Trabalho empregarão sempre os seus bons ofícios e persuasão no sentido de uma solução conciliatória dos conflitos”...”§ 3º - É lícito às partes celebrar acordo que ponha termo ao processo, ainda mesmo depois de encerrado o juízo conciliatório”.  Ademais é da tutela estatal e dos magistrados laboristas a responsabilidade da prestação jurisdicional e jurídica dentro dos liames que envolvem a verba alimentar.

Não é arriscado dizer o quanto a jurisdição, é composta em sua maioria de juízes preguiçosos, que delegam a serventuários, (sem cultura jurídica), a tarefa de elaborar decisões que são despachadas por eles.

Tudo em flagrante desprezo a qualidade jurídica. È justamente que entre outros, surgem embates por conta da emissão dos alvarás, petições travadas por meses, e o desrespeito as prerrogativas (art. 133 da C.F.) dos advogados.

De fato, convivemos uma autêntica balbúrdia jurídica que não leva a ponto algum e lugar nenhum. Se o direito do trabalho precisa ser bom, eficaz, porque não construí-lo nos moldes do processo criminal e civil, já que ao se apropriar da mais valia (força de trabalho), o mau empregador (nas verbas incontroversas) estaria assim com todas as letras, enquadrado no crime de previsto na lei fiscal que é fonte subsidiária conforme as disposições: (...) são aplicáveis supletivamente ao processo do trabalho, por força do art. 769, da Consolidação das Leis do Trabalho, desde que omissa esta e desde que não haja incompatibilidade com suas disposições.

É preciso acabar de vez com essa ironia do faz-de-conta, enquanto, impune, o mau pagador abre outro negócio e o trabalhador míngua sem o seu salário, e o primeiro volta a explorar a desprotegida mão-de-obra. A judicialização precisa ser substituída pelo juízo racional.

O processo do trabalho é regido pelos princípios da simplicidade e da informalidade e até mesmo a capacidade postulatória é atribuída à própria parte (CLT, art. 791). A postulação neste Judiciário, em que pese às normas do processo laboral, particularmente as referentes ao ingresso em juízo e participação em audiências, foram concebidas para leigos.

Porém deixar leigos a mercê deste jurisdicionado, formatado com tamanha complexidade é afronta ao direito de ação e devido processo legal. Para quem conhece o ritual, litúrgico das audiências, conduzidos por magistrados que se alteram, criam atalhos e ciladas.  


segunda-feira, 24 de julho de 2017

SUPREMO: MINISTRO NOMEADO POR TEMER, ARQUIVOU FORO PRIVILEGIADO, ESTÀ PRONTO
PARA REPETIR A FAÇANHA COM A GRAVAÇÃO

HELIO FERNANDES

Seu  nome:Alexandre de Moraes. Jamais poderia pertencer ao mais alto tribunal do país. Nem teria chance nem vaga. Com a morte de Teori Zavascki, indicou, aprovou e nomeou um homem da sua mais suspeita intimidade e falta de credibilidade.

Logo no primeiro julgamento de que participou, mostrou do que era capaz. Com muito esforço e enfrentando protestos e resistências, a presidente Carmen Lucia e alguns Ministros acima de duvidas e suspeitas, conseguiram colocar em pauta a votação para acabar com o vergonhoso foro privilegiado. O relator, Luiz Roberto Barroso,num voto magistral, referendando suas convicções, abriu o placar, 1 a 0 contra o privilegio odioso.

A seguir, o ministro de Temer, o mais novo vota depois do relator. Já se esperava. Falou 1 hora e 40 minutos, estarrecimento, não votou, pediu vista. Revoltados,  3 ministros, incluindo a presidente e o decano, anteciparam o voto .Ficou 4 a 1, já contando o voto do ministro trapalhão e sem qualquer responsabilidade.

Escrevi então sem a menor duvida: não devolverá o processo, enquanto a manutenção desse privilegio servir a quem o nomeou, o presidente AINDA, Michel Temer. 2 meses se passaram, Alexandre de Moraes continua servo, submisso e subserviente.Sem devolver o processo.

ADVOGADO DE TEMER:A GRAVAÇÃO DA MADRUGADA NO PALÁCIO È ILEGAL

Os que estão apostando tudo desesperadamente na permanência de Temer na presidência, jogam com varias hipóteses e possibilidades. A primeira é obviamente conseguir os 172 votos, e ganhar mais tempo. Esperando as outras denuncias, como já anunciou o Procurador Janot.  Mas o advogado de defesa falastrão,já anunciou e repetiu: "Entraremos no Supremo provando que a gravação feita por Joesley Batista é ilegal".

A jurisprudência do Supremo diz exatamente o contrario. Mas 4 ministros não ligam para jurisprudência. Utilizarão  então os serviços de um personagem que não falha, já mostrou sua servidão no caso do foro privilegiado

Depois do relator, Alexandre de Moraes o notório que pensa que é notável, novamente pedirá vista, arquivará mais uma ação.Nesse processo contra o corrupto e criminoso Michel Temer, já utilizei todas as palavras negativas ou depreciativas.Só resta admitir  

   
TEMER COM MAIS MEDO DE CUNHA DO QUE DE JANOT

O AINDA presidente recebeu noticia de Curitiba, que o assustou tremendamente. O ex-presidente da Câmara, retomou as conversas sobre delação. E contrariando sua própria afirmação quando voltou  do G20 na Alemanha, "minha preocupação com a delação de Eduardo Cunha, é ZERO".

Agora, o que o preocupa de verdade é esse depoimento. Principalmente pela justificação dada por Cunha a interlocutores: "Temer vai escapar do Supremo, a oposição está longe de obter os 342 votos para autorizar a investigação do Supremo".

Cunha sempre foi corrupto, mas realmente é bem informado. E para assustar o presidente, contou para um amigo dele: "Vou contar inicialmente 30 ou 40% da nossa intimidade de anos. Isso por enquanto". Não está mentindo. O que pode é recuar.

RENAN, SARNEY E JUCÁ ASSUSTADOS

Foram considerados não culpados das gravações feitas e reveladas pelo ex-senador e ex-presidente da Transpetro (indicado por Renan) Sergio Machado. Motivo: eles não sabiam que estavam sendo gravados, o que é verdade. Mas surgiram dois fatos alarmantes para o ex-presidente e os dois senadores.

1- As declarações dos 3 são contundentes, e irrefutáveis, e não deixam duvidas em relação á disposição de "obstruir a justiça". E até mais do que isso. 2- Receberam informações de que parlamentares (deputados e senadores), recorrerão ao Supremo, pedindo a anulação da absolvição. O Supremo tem jurisprudência:a gravação não precisa de autorização. Desde que seja verdadeira, é culposa. 

GRAÇA FOSTER REAPARECE

Depois de demitida pela grande amiga Dilma Houssef, ficou longe de tudo. Foi justamente absolvida, jamais me passou pela cabeça, que participasse, soubesse ou se aproveitasse da corrupção na Petrobras.

Mas não ha a menor duvida que foi displicente e imprudente. Dezenas de gerentes, diretores, políticos, se envolveram no maior escândalo coletivo, e ela, presidente da empresa não sabia de nada. Está depondo em defesa da senadora Gleisi Hoffman. As duas, nada a ver.

(Amanhã: a corrupção na Petrobras, começou em plena ditadura, quando o general Geisel era "presidente". Enriquecimento pra valer).

NÃO EXISTE MAIS A ANTIGA DIVIDA EXTERNA, AGORA È DIVIDA PUBLICA

Não explicaram á comunidade, fizeram a substituição de forma solerte, praticamente sem autorização, todo poder ao Executivo. Como as palavras estão explicando, antes os governos só podiam tomar empréstimos no exterior, havia controle. Com a mudança de denominação, cresceram brutalmente os juros, o país passou a ser financiado por dinheiro interno, que tem que ser pago no vencimento.

FHC foi o primeiro a arruinar a economia e a finança, elevou os juros para 40%, no que passou a ser chamado de Taxa Selic. Com ele no governo, acusei-o de praticar crime de lesa-pátria. Mas seus amigos empresários (principalmente banqueiros) ganharam fortunas.

Entregou o governo a Lula, com os juros em 25%, Lula para Dilma em 7%, esta não resistiu á pressão elevou a taxa Selic para 14%. Quando era divida externa, o total  era razoável, todos os países, até mesmo EUA e China, têm divida externa. Pela primeira vez a partir de FHC, empréstimo interno, no "Tesouro Direto", entra na carteira de investidores, com prioridade.

Agora a DIVIDA ultrapassou 3 TRILHÕES. Temer ficou 11 meses sem reduzir os juros. E eu o único a gritar contra a irresponsabilidade. Desde a Tribuna impressa. 


(Amanhã: a corrupção na Petrobras, começou em plena ditadura, quando o general Geisel era "presidente". Enriquecimento pra valer).
O BRASILEIRO PERDEU A AUTOESTIMA, DIZIMADO PELA CORRUPÇÃO E O CINISMO DA POLÍTICA MENTIROSA E VIL. TODOS DESDE A RENÚNCIA DE JANIO, PASSANDO POR COLLOR, SARNEY, FHC, LULA, DILMA E TEMER  DESMORALIZARAM O PAÍS NO GLOBO TERRESTRE. JANGO FOI UMA EXCEÇÃO.

ROBERTO MONTEIRO PINHO

Enquanto os políticos que dizimaram o Brasil discutem e articulam de todas as formas, usando ardis e de explícito cinismo, até mesmo as fórmulas mais subterrâneas para se manter no poder. As águas desse país se tornaram caudalosas e turvas, deixando um rastro de injunções que afetam a economia, o social e ainda dizimou a auto-estima do brasileiro.
Não existe nenhum dos últimos cinco presidentes da República, e os ditadores dos “anos de chumbo 64-85”, que não tenha colaborado criminosamente para esse quadro delinqüente que vivemos hoje. Isso sem contar com o insano ex-presidente Janio Quadros, que bagunçou a República com a sua renúncia que abriu as portas para o gole e contra Jango Goulart.
Ao longo de 20 anos estamos entregando o país de vez para o capital internacional, e ainda no tal governo dito dos pobres, do senhor Lula da Silva (PT), já confessado pela cúpula e seus militantes remunerados, o golpe do “projeto de poder”.
Do Congresso, executivo e judiciário, tudo se nivela, no festival das praticas lesivas ao cidadão - o brasileiro, que labuta e contribuiu com seu suor, e ainda paga os impostos mais elevados do planeta.
Para ser mais exato, dos últimos três presidentes, Lula, da Silva, Dilma Rousseff e agora Michel Temer, conforme todos já sabem, foram mentirosos, levianos e criminosos, eis que praticaram a luz do que foi apurado e divulgado nos meios de comunicação, os mais infernais dos atos de corrupção, tendo como carro chefe o famigerado “mensalão” e a operação Lava - Jato.
Declarado culpado em sentença proferida pelo juiz Moro na 4º Vara Federal de Curitiba, Lula da Silva, teve há pouco o bloqueio da vultosa quantia de 8 milhões que estava na sua conta de investimento num banco brasileiro.
Provavelmente esse cidadão, ira proclamar e convocar seus simpatizantes a doarem o que puderem para ajudá-lo na pobreza em que se encontra. Se não irônico, certamente isso pode até ocorrer e muitos, até mesmo aqueles pobres miseráveis que não tem o que comer, doarem dinheiro para o petista.
O Brasil não merece isso que está acontecendo. Ninguém merece.
Hoje li estarrecido uma notícia em que o país naufragou totalmente no campo da indústria. Que indica o desmantelamento da nossa indústria.
O relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento, Unctad, foi divulgado no dia 19 de julho. É um documento anual, que avalia o cenário econômico mundial, e que abordou amplas tendências econômicas e no caso do Brasil com destaque o quadro de retrocesso.
De acordo com a Unctad, no começo da década de 1970 a participação das manufaturas na geração de emprego e valor agregado no Brasil correspondia a 27,4%, em valores da época, enquanto que em 2014 essa participação caiu para 10,9%. "Todo o sistema que tinha por objetivo industrializar o país entrou em colapso", disse à BBC Brasil Alfredo Calcagno, chefe do departamento de Macroeconomia e Políticas de Desenvolvimento da Unctad.
Na avaliação da Unctad e dos entrevistados pela reportagem, o processo teve início com os choques econômicos vividos pelo mercado nacional nos anos 1980, se intensificou com a abertura comercial no começo dos anos 1990, seguido pelo abandono das políticas desenvolvimentistas e pelo emprego da taxa de câmbio como ferramenta no combate à inflação.
"O caminho para a industrialização do Brasil foi claramente interrompido", afirmou à BBC Brasil Paulo Francini, diretor da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).
Uma nação onde uma massa de 1,8 milhões de servidores públicos aposentados consomem o equivalente ao que 19 milhões de aposentados da iniciativa privada recebem do INSS.
Cabe aqui denunciar que 80% do total dos juízes no Brasil alcançaram essa função estatal privilegiada sem nunca ter advogado. Eles são oriundos dos próprios quadros dos tribunais e das procuradorias.
Tudo numa autêntica ciranda de favorecimento de um sistema colonial, onde as castas precisavam ser agraciadas no tempo do Império.
O Brasil se divide em três. O Pode da República, a exército de servidores estatais e os que corrompem a tudo e a todos.


domingo, 23 de julho de 2017

ANTES, CESAR E RODRIGO MAIA, AGORA, RODRIGO E CESAR MAIA

HELIO FERNANDES

A decadência da política e a implantação da politicalha, tinha que provocar reviravolta. E atingir até mesmo famílias. Elevando ao máximo, medíocres e corruptos, cujo melhor exemplo é Michel Temer. Jamais disputou um cargo majoritário, presidente da Republica, governador, senador. E isso nascendo e politicando em SP, a mais espantosa constatação da desigualdade eleitoral.

Entre 15 e 18 estados, elegem governadores e senadores que não passam disso. O prefeito de SP capital, eleito é logo citado ou lembrado como candidato a presidente. E não apenas de agora, é de sempre. O melhor exemplo, Janio Quadros. Vereador em 1948, em 1960 já era presidente da Republica. Apenas 12 anos para uma carreira vitoriosa e desastrosa.

Mas hoje quero falar do território que já foi Distrito Federal sem eleição, Estado da Guanabara com a aventura da mudança da capital, Estado do Rio para ver se aumentava sua influencia e elegia um presidente. A corrupção destruiu diversos que teriam alguma chance. Agora coloca a mediocridade e a falta de credibilidade na linha da sucessão, invertendo a hierarquia política na família Maia. 

O pai, depois do golpe genial de ir para o exílio no Chile, conseguiu enganar Brizola e ser nomeado Secretario de Finanças. Ia sendo demitido quando o governador soube que comprara um apartamento no exterior. Não informaram se era Paris ou Nova Iorque, Brizola ia demiti-lo, foi aconselhado a mantê-lo a repercussão seria grande.

Deixou o governo, se candidatou a prefeito do Rio em 1988, foi eleito 3 vezes, não passou disso. Acabou os mandatos, disputou e  perdeu para senador e para governador, finalmente se elegeu e se reelegeu vereador, sua vocação. Agora já articulado como candidato novamente a governador, é superado pelo filho, "descoberto" no quinto mandato de deputado federal, Rodriguinho, no primeiro mandato em 1998, e desconhecido até agora.

O filho surgiu como um meteoro, do nada foi eleito presidente da Câmara, apareceu coordenando a própria candidatura a governador, espantosamente seu nome é lançado como presidenciável. Acredita nas duas candidaturas, é entrevistado na TV, e diz textualmente: "Serei presidente da Republica, se  não for agora, será depois". Impressionante.

Enganou Eduardo Cunha, enganou Temer, está enganando a si mesmo. Enquanto espera o futuro, podia esclarecer o passado e o presente. E mostrar como ele e o pai moram em apartamentos luxuosos, no bairro nobre de São Conrado, em 2 edifícios diferentes. Herança suntuosa, dos tempos de prefeito generoso e compreensível. 

DEPOIMENTO DE EIKE BATISTA

Durou menos de uma hora. Perguntas, que ele podia responder facilmente. Quando tentaram aprofundar a questão para obter informações produtivas, quiseram saber: "por que o senhor pagou 70 milhões ao então governador Sergio Cabral ?".

Ficou irritado, respondeu: "Eu não sabia de tudo que se passava nas minhas empresas, nunca soube disso". Alem de poderoso, mentiroso. Só ele mandava, discricionariamente.Tem dezenas de ex-executivos na justiça contra ele. E muitas fotos, ele e o ex-governador se abraçando. A corrupção afetuosa.

A COVARDIA DO MERCOSUL

Fracasso completo. Como a presidência é rotativa, era a vez do Brasil. Temer fez questão de estar presente. (E levou o Ministro da Fazenda, que cochilava, enquanto Temer discursava). Em relação á Venezuela, e á selvageria e o autoritarismo de Maduro, nenhuma providencia .Pelo contrario, liberaram o ditador para destruir o pais.

Só o Uruguai ficou a favor de confraternizar com Maduro e não falar na sua constituinte pessoal. E todos os outros concordaram.

O IMPRUDENTE E INCOMPETENTE MEIRELLES

Não podia passar direto, de presidente do Conselho de Administração da JBS, (dos corruptissimos irmãos Batista), para Ministro da Fazenda do Brasil. Só um também corrupto e sem competência, como Temer, seria capaz desse ato insensato.

A formação ( e o enriquecimento )de Meirelles, é de banqueiro e não de Ministro da Fazenda. Ontem, depois, do aumento de 44% no preço do combustível, afirmou na televisão: "aumento de impostos é necessário para o Brasil crescer".

Devia ter sido demitido imediatamente. Até sugeriram, mas Temer não conseguiu encontrar Rodrigo Maia para saber a sua opinião. 

TEMER CONTINUA COMPRANDO VOTOS, ALMOÇANDO E JANTANDO CORRUPÇÃO

Foi á reunião do Mercosul, o único presidente a comparecer. No dia seguinte ficou satisfeito, foi o único insultado nominalmente pelo caótico Maduro. O avião foi levá-lo a SP, mas ficou esperando para na mesma noite levá-lo a Brasília. E continuar a maratona de encontros políticos alimentares com deputados.

A votação está marcada para o dia 2 de agosto, mas ninguém sabe se haverá adiamento. Temer está ansioso e angustiado para saber: familiares e eleitores terão influenciado os deputados? De qualquer maneira, até o momento, a oposição está longe dos 342 votos. O governo também não tem certeza de chegar aos 172. Mas indispensável mesmo é o total da oposição.

TEMER NO PARLATÓRIO

É o mais perdulário dos presidentes, nas ações e nas palavras. Faz de menos e fala demais. Sobre o brutal aumento dos combustíveis: "O povo vai compreender. "Quanto a ele, ha dezenas de anos, ocupa cargos com direito a carro já abastecido. Então já compreendeu.

Maia não perde oportunidade de mostrar sua resistência a Temer. Nesta semana: "O palácio tem de (sic) falar menos.Ha meses digo isso ao presidente".

A DELAÇÃO DE EIKE BATISTA

Assim que esse maior corrupto foi preso, acenou com possibilidade de delação. Revelei aqui: seu advogado  criminalista estrategista foi procurá-lo. E induziu-o a ficar em silencio, "você logo estará em liberdade". O criminalista "adivinhou". Mas para isso não precisava ter estudado tanto, bastaria e tem bastado aumentar cada vez mais, seu relacionamento.

Só que Eike não está nada satisfeito. E surpreendendo o próprio criminalista, vem falando. Quer a liberdade física e a liberação do passaporte. Por enquanto, quem o libertou, não nega,mas responde: "Por enquanto está muito difícil"

ADVOGADO DE TEMER: A GRAVAÇÃO DA MADRUGADA NO PALÁCIO Á ILEGAL

Os que estão apostando tudo desesperadamente na permanência de Temer na presidência, jogam com varias hipóteses e possibilidades. A primeira é obviamente conseguir os 172 votos, e ganhar mais tempo. Esperando as outras denúncias, como já anunciou o Procurador Janot.  Mas o advogado de defesa falastrão, já anunciou e repetiu: "Entraremos no Supremo provando que a gravação feita por Joesley Batista é ilegal".

A jurisprudência do Supremo diz exatamente o contrario. Mas 4 ministros não ligam para jurisprudência. Utilizarão então os serviços de um personagem que não falha, já mostrou sua servidão no caso do foro privilegiado

Depois do relator, Alexandre de Moraes o notório que pensa que é notável, novamente pedirá vista, arquivará mais uma ação.Nesse processo contra o corrupto e criminoso Michel Temer, já utilizei todas as palavras negativas ou depreciativas.Só resta admitir