Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

FINALMENTE UMA NOTÍCIA PARA APLAUDIR 
COM ENTUSIASMO

HELIO FERNANDES

Depois de erros condenáveis e equívocos lamentáveis, o STF caminha no sentido da moralidade, da dignidade, da credibilidade. Não sei se o STF cumpre um roteiro de recuperação, mas examinando exclusiva e unicamente esse caso, faço uma pausa das criticas fundamentadas que tenho feito ao mais alto tribunal do país. (Pausa momentânea).

Por unanimidade, o  STF mandou libertar ou colocar em prisão domiciliar, mais de 32 mil mulheres pobres, que estavam em penitenciarias, no que chamam de prisão provisória.

Sem  processo.
Sem  crime.
Sem advogados.
Sem saber quando seriam julgadas.

O que chamou a atenção dos ministros do STF: uma presa grávida, (existem centenas nessa situação) teve o bebê na cela, sozinha, sem qualquer assistência. Ficou com ele na cela, dia e noite. O fato virou noticia, chegou ao STF que de forma fulminante investigou  e tomou providencias. Drásticas, como deveria ser sempre. Vou sumarizar esse caso, único, embora o STF tenha beneficiado mais de 32 mil mulheres oprimidas, injustiçadas, abandonadas.

Ela foi presa pelo "crime nefando" de estar com 39 gramas de maconha. Foi acusada de traficante e enviada á penitenciaria.  Como é que o agente conseguiu estabelecer a diferença entre traficante e usuário, com a posse de apenas 39 gramas de maconha?

O Supremo cumpriu integralmente seus poderes. E determinou imediatamente: mulheres com filhos menores de 12 anos, têm que ser processadas em prisão domiciliar. E com advogados.  

PS- O Supremo tem que fiscalizar esse prazo. Autoridades onde estão as penitenciarias, não são confiáveis.

PS2- Só para  lembrar. A  mulher de serginho cabralzinho filhinho, condenada a 26 anos, está em prisão domiciliar. E com grandes advogados

A  SITUAÇÃO INSUSTENTAVEL DE PALLOCI

Começou como prefeito da importante Ribeirão Preto. Praticou tanta irregularidade, que foi praticamente expulso da cidade. Quando Celso Daniel foi eleito prefeito, assumiu o compromisso de investigar e punir a corrupção, colossal.

Não teve tempo, foi assassinado, num crime cheio de digitais. dezenas de acusados, mas uma multidão de inocentes. È dos crimes mais rumorosos e comentados do país.Em 2002, eleito presidente, Lula surpreendeu o PT e o país, nomeando Palloci Ministro da Fazenda.O favorito era o economista Mercadante, que  se elegeu senador.

Palloci foi demitido por corrupção.

O tempo passou, ele era considerado no ostracismo e sem recuperação. Dona 
Dilma foi eleita presidentA, surpreendentemente, nomeou Palloci, chefe da Casa Civil. Com 7 meses foi demitido por corrupção.Logo depois estava preso, condenado, fazendo delação, tentando se salvar em cima do amigo Lula. Não adiantou.

Está com os bens bloqueados, a Lava - Jato espera recuperar 123 milhões. Bloquearam contas das filhas, consideram que aí deve haver o dobro. O problema: onde?

PS- O ex-ministro está na iminência da segunda condenação.

PS2- Quer fazer uma nova delação, "tenho ainda muita coisa a contar". Ninguém se interessa.

LEMBRANÇAS DE NELSON CARNEIRO

Rodrigo Maia fez muito bem em indicar Laura Carneiro, para relatar o projeto de intervenção na segurança do Rio e do Estado do Rio. Todos votariam a favor, na Câmara e no senado. Laura lembraria a importância do pai na vida publica do país.

Foi o grande campeão da luta para oficializar o divorcio. Perdeu 3 vezes, precisava dois terços dos votos.

Não conseguia embora sempre conseguisse maioria.

Em 1974, eleição (direta) para um senador por estado. O MDB elegeu 16, a Arena, apenas 6. Os generais se preocuparam com 1978, eleição de 2 senadores por estado.Se o fato se repetisse, o MDB teria maioria no senado.

O "presidente" Geisel chamou Golbery para resolverem a situação. Descobriram a formula de manter a maioria. Fizeram um Ato Institucional, criando o "senador biônico". Isto é, sem o voto direto. Com isso já saiam com 22 senadores.

PS- Quando oficializou esse Ato, Geisel resolveu se vingar da Igreja Católica, que combatia a ditadura, escondiam lutadores muito procurados.

PS2- Geisel então colocou no Ato, que emendas constitucionais seriam aprovadas com maioria simples.

PS3- Publicado o Ato, Nelson apresentou seu projeto, o divorcio aprovado facilmente.


PS4- Com isso o Brasil entrou na relação dos países social e familiarmente civilizados.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

MAIA IRONIZA, DESGASTA E DESPREZA TEMER

HELIO FERNANDES

O presidente corrupto desperdiçou quase 2 anos, tendo apenas uma bandeira: a reforma da Previdência. Disse inúmeras vezes: "Só com a aprovação  dessa  reforma, terei justificado a minha eleição (?) para o Planalto"

Imprudente e incompetente foi estraçalhando o que chamava de grande prioridade. Sempre longe  dos 308 votos necessários, foi fazendo concessões em cima de concessões, ate que concordou com a afirmação publica do presidente da Câmara: "Previdência nunca mais"

Com o plano diabólico de Moreira Franco da intervenção na segurança do Rio e Estado do Rio,  a Previdência desabou de vez. Enquanto vai recebendo noticias esparsas e polemicas sobre a intervenção, considerou que precisava  cuidar do Legislativo, que  precisava trabalhar.

Criou então o que chamou de "plano B" da Câmara. Vergonhoso. Indigno até de um presidente corrupto e usurpador.

Pegou 16 projetos inúteis, que estavam "encalhados" na Câmara, reinventou para o próprio Legislativo. Constrangimento total. Mas  o mais incisivo, agressivo, ofensivo  e definitivo, foi o próprio presidente da Câmara, que  identificou o plano B, como "um café velho e frio".
 
Não satisfeito, Maia foi claro e conclusivo: "Esse  projeto é um equivoco e um desrespeito ao Parlamento.

E para demonstrar o que  acontecerá com  esse plano B, Maia acrescentou:"  tempo de votação é da Câmara". Quer dizer, vai tudo para o lixo.

PS - Em suma: o país vive a sua maior incerteza. Entre uma decisão necessária contra o crime, que vem sendo abertamente combatida.

PS2- E um Congresso inútil e majestosamente corrupto, que pretende se reeleger e ficar em liberdade.

EIKE BATISTA, LIVRE E SEM CONDENAÇÃO.

Nenhuma surpresa, depois do HC de Gilmar Mendes. O empresário estava nos EUA, anunciou que viria ao Brasil esclarecer os fatos que o envolviam.

Escrevi que essa explicação seria impossível. Ele teria que mostrar como acumulou trilhões roubando principalmente do povo enganado e iludido, e protegido pelo CADE.

Propalava, sempre com grande apoio e cobertura jornalística: "SOU O HOMEM MAIS RICO DO BRASIL, LOGO SEREI O MAIS R ICO DO MUNDO". Tudo balela e mistificação. Descoberto, intimado a vir ao Brasil, não querendo ficar como foragido e procurado pela Interpol. Veio.

Resolveu fazer delação, seu famoso empresário impediu  Disse: "você sairá com HC". Aconteceu. Mas todos acreditavam que fosse temporário.

Pois agora, saiu a decisão: Eike foi libertado, sem delação ou condenação. Quase tão rico quanto  antes. Vai para o exterior.

PS- Mas  tem um projeto prioritário: recuperar as suas propriedades, que ex - amigos "compraram"  por preços miseráveis, quando consideraram que ele estava liquidado.

O MINISTRO DA DEFESA CONTINUARÁ
O MINISTRO MEIRELLES NÂO TEM A MENOR IDÉIA

Raul Jungmam tem mandato parlamentar. Teria que deixar o cargo até o dia 7 de abril, para se desincompatibilizar e disputar a reeleição. Havia uma forte tendência dele permanecer. Mas o fato só foi concretizado anteontem, numa conversa a três.

Ele, o Ministro da Guerra Villas Boas, e o comandante da intervenção na segurança do Estado do Rio, general Braga Netto.

PS- O presidente corrupto e usurpador, ainda não sabe de nada.

A questão da  saída ou permanência do Ministro da Fazenda, bastante complicada. E não depende dele ou do presidente corrupto e usurpador. Faltam 45 dias para o 7 de abril Temer, que acredita ser candidatissimo, não precisa se desincompatibilizar. Quer que Meirelles continue, por dois motivos.

1- Assim é menos um presidenciável concorrente.  2-Ele não tem quem colocar no lugar a não ser Delfin Netto. Não tem a menor convicção e foi 13 anos ministro da ditadura. Sendo 12 na Fazenda.

PS- O presidente corrupto e usurpador, ainda não sabe de nada.


terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

INTERVENÇÃO DO EXÉRCITO NO RIO, NECESSIDADE INDISPENSÁVEL, METADE APÓIA, METADE REPUDIA

HELIO FERNANDES

Por enquanto, apenas em um estado, quando na verdade,quase todos estão na mesma situação. Só que no Rio e estado do Rio, a situação é calamitosa. E ha muito tempo, desde que era capital do país. A questão foi se agravando brutalmente, até que os bandidos, traficantes e milicianos, senhores da situação passaram a agir ostensiva e abertamente.

Chegou o momento de uma atitude drástica. Mesmo sabendo que tudo foi tramado dentro do Planalto para favorecer politicamente o presidente corrupto, a operação, dificílima, um desafio quase inacreditável, precisa de apoio da população. Tem que  começar imediatamente, mas dificuldades, enormes e intransferíveis seduzem e dominam o ambiente.

È até compreensível essa oposição e descrença. Não existe nem a possibilidade garantida  da intervenção se transformar num sucesso. E na realidade, o que seria esse sucesso? Ocasional, como já aconteceu varias vezes? Ou permanente, como alguns acreditam? Que força garantiria  a permanência dessa intervenção?

Lógico que não poderia ser o Exercito, essa não é sua função, preparação, ocupação essencial. Aliás, o alto comando Exército está funcionalmente dividido. O General Villas Boas, comandante do Exercito, que tem tido atuação impecável,esteve longamente com Temer. E colocou todas as suas preocupações.

A mais importante citada textualmente: "Não queremos que dentro de 30 anos, militares estejam respondendo a  uma nova Comissão da Verdade". (Embora essa Comissão tenha sido um fracasso, dominada pelo exibicionismo, o general Villas Boas, está coberto de razão).

Os direitos coletivos e individuais, precisam ser respeitados. Mas o Exercito foi chamado para proteger populações e comunidades, violentadas pelos criminosos, traficantes e milicianos. Ou seja, o crime organizado. Como combatê-los, interrompendo o combate e a repressão para consultar a Constituição?

Surgiu uma boa idéia, preventiva. O STF concederia mandado coletivo de busca e apreensão, contra criminosos, já com ordem de prisão, mas ha anos em liberdade. Diversos grupos, incluindo a OAB, logo se manifestaram,  condenando a medida, que nem  se sabe que  o STF concederia. A medida de proteção á ordem,   é logo favorecida, defendendo e prorrogando a desordem.

Por causa dessas elucubrações, a operação ainda não começou. Enquanto isso acontece, os traficantes e milicianos se organizam. Reforçam suas trincheiras ou fogem, como aconteceu pelo menos uma vez, com a fuga coberta pela televisão que ganhou premio internacional.

PS- Já disse que escreverei muito sobre o assunto. Mas  a intervenção ainda nem começou e é mais combatida do que aplaudida.

PS2- Uma tremenda dificuldade: a intervenção nas penitenciarias, onde se localizam mais de 50% dos poderosos criminosos. O estado do Rio não tem penitenciarias desse porte.

PS3-Semana passada, em Fortaleza, dois chefões de facções adversárias, se encontraram e se mataram. Essa seria a opção ideal. Mas chamaram a Força Nacional.

NO MEIO DE TANTA CONFUSÃO, TEMER CRIA O MINISTÉRIO DA  SEGURANÇA

Inseguro, incerto, irresponsável, pode se esperar qualquer absurdo desse presidente corrupto. Depois de assombrar o país inteiro com a intervenção na segurança do Estado do Rio, não ficou  satisfeito. 

E imediatamente, sem sequer consultar Moreira Franco, criou o Ministério da Segurança. Nessa tolice, seu interlocutor, é o intimissimo Alexandre de Moraes. São parceiros em trapalhadas homéricas, quando ele era secretario de segurança em SP.

Jamais acreditou que seria ministro do STF e comensal do presidente da republica. Estão ha dias tentando encontrar um nome para ocupar esse ministério, que tem vastíssima agenda. Esvaziou completamente o ministro da Justiça, Torquato Jardim, ex-ministro do TSE, que já deveria ter pedido demissão.

Ao contrario, resolveu enfrentar e descaracterizar presidente e o próprio governo. Textual: "Os mandados de busca e apreensão, inconstitucionais". E completou: "Esses mandados são pessoais, e devem se referir expressamente ao ALVO". O que ele quis dizer quando colocou a palavra ALVO. Tem que ter o nome de quem está sendo preso, traficante ou  miliciano. 

PS- São centenas ou milhares, geralmente conhecidos por apelidos pejorativos.

PS2- No final do dia de ontem, cogitaram de nomear o ministro Marun para o cargo. Vetadissimo.

O PTB NÃO TERÀ MINISTRO

Cristiane Brasil foi uma indicação do partido, referendada pelo fato de ser filha de Roberto Jefferson. Ha mais de 15 dias, revelei: o PTB não suporta mais tanta angustia, pretende indicar outro nome. Inicialmente  seria Jovair Arantes, líder do partido na Câmara.

Agora essa cisão se  concretizou. Só que nem Jovair nem qualquer outro deputado, aceita ser  ministro por 45 dias.  E o presidente corrupto, apesar de desmoralizado não aceitaria nomear um ministro por tão pouco tempo.

Montaram então internamente, no próprio PTB, uma armadilha com duas faces. 1- Não aceitariam nenhum candidato indicado por Roberto Jefferson.  2- Aplaudiriam a nomeação do próprio Jefferson.

PS- A política brasileira está dominada por Maquiáveis de botequim.

PS2- Jefferson que tem eleição garantida em SP faria um péssimo negocio.


PS3- Trocaria um mandato de 4 anos, por outro de 9 meses.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

DESPERDÍCIO E PERDA DE TEMPO, EM RELAÇÃO
À INTERVENÇÂO NA SEGURANÇA

HELIO FERNANDES

O presidente corrupto convocou para ontem, ás 9 da manhã, reunião com o Conselho da Republica. no Alvorada. Motivo da convocação: ouvir o Conselho a respeito do decreto que fez a intervenção na Segurança do Rio.

Acontece que Temer assinou o decreto na quinta feira, e convocou o Conselho na segunda, Também ontem, quase na mesma hora, Câmara e senado estarão aprovando o decreto. Não ha uma possibilidade em 1 milhão, de haver recusa.

Quanto ao Conselho da Republica, tem liberdade  de aprovar ou recusar o decreto. Mas o presidente Temer não precisa seguir o que for decidido pelo Conselho. Que Republica!

Alem de corrupto provado e comprovado Temer é um mentiroso, mistificador, sem convicção, diz uma coisa num dia, desmente no outro. Seu desgoveno, desde o inicio, é marcado pelo que chamou  de prioridade absoluta: a reforma da Previdência.

Mas desde que um "especialista (?)"  foi ocupando jornais e televisões, mostrando " a maravilha que seria o  país depois dessa reforma",foram acumulando derrotas em cima de derrotas, contrariedades e mais contrariedades.

Nem preciso repetir tudo que já disse sobre o assunto, e as concessões que foram confirmadas a partir da quinta feira de cinzas. Ha meses recebendo a confirmação de que não obteria os 308 votos, e tendo recebido o ultimatun de Rodrigo Maia, "votação da Previdência em fevereiro ou nunca mais", procurou uma saída para o seu massacre eleitoral. È o fato gravíssimo que está rolando criminosamente.

Pediu a Moreira Franco, "uma solução fora dos tramites normais", para tentar esconder a realidade: não conseguiu aprovar a sua maior prioridade. Moreira começou a trabalhar e concluiu facilmente. Abandonar a Previdência, só colocando  no seu lugar um fato muito mais grave e importante: acabar com a insegurança do Rio e  do Estado d o Rio, assunto que ele conhece bem, foi sua bandeira para se eleger governador em 1986.

Quando revelou a solução ao chefão, este vibrou. E ficou empolgado com a participação do Exercito, já consumada, aceita e concretizada. Começou então  a trazer ao publico o futuro da Previdência, comparado, com o domínio do crime organizado. Começou o abandono da votação da Previdência, substituída pela INTERVENÇÃO na segurança.

Insensato, queria a intervenção no Estado. Teve que ser contido pelo próprio Moreira, que viu logo os problemas que surgiriam com a escolha, a indicação e aprovação de alguém para governador. E concluiu: "O Pezão não atrapalha, não manda coisa alguma" 

O corrupto Temer fez então duas afirmações  sobre a Previdência. 1- "A Previdência não será votada, mas ficará na pauta política". Rodrigo Maia riu muito quando soube. 
2- O assunto Previdência não pode ser OLVIDADO (textual), é importante para o país, mas não agora". Estava satisfeitíssimo, jogara o país numa fogueira militar imprevisível, ninguém sabe o que acontecerá. 

PS- Temer está feliz, ninguém poderá acusá-lo de não ter ou conseguir 308 votos.
PS2- Escreverei muito sobre essa invenção, perdão, intervenção militar.

PENITENCIARIAS: O PRIMEIRO E ENORME DESAFIO DA INTERVENÇÃO

Tem que ser dividido em duas partes. 1-Lotação. Todas estão superlotadas, no Brasil todo. Enquanto discutiam, houve um problema gravíssimo em Japeri, estado do Rio.Tem capacidade para 884 presos, está com 2.300.È uma selvageria, tem que haver o que houve. Mas não se resolve facilmente.

2- As penitenciarias com presos famosos e importantes, nenhuma no Estado do Rio. Como resolver? Ante ontem, em Fortaleza, dois chefes poderosos de facções inimigas, foram assassinados. Tiveram  que chamar a Força Nacional, que estava em outra missão. A mesma coisa, superlotação

A ENTREVISTA DO GENERAL AUGUSTO HELENO

Foi no domingo, no programa, Painel, que caiu muito de audiência, o que aconteceu com as 4 maiores TVs por assinatura. (Net, Aik, Directv, TVA). O general e mais dois outros entrevistados. O general é uma figura, combate com armas e com palavras.

Quando a ONU determinou intervenção no Haiti, o Brasil foi escolhido para a missão, comandada pelo general Heleno. Fez um serviço altamente elogiado, mas inteiramente diferente da intervenção que o General Braga Netto irá executar.

Augusto Heleno já foi quase unanimidade no Exercito. Desprestigio com a atuação equivocada no Amazonas. Agora queriam transformá-lo em presidenciável. Ele aceitava, está na reserva, só precisava de apoio, não obteve.


Ante ontem, falou muita coisa correta e aproveitável. Mas também cometeu tremendos erros de posição, incluindo a estratégia. Ele é quase sempre controverso e contraditórios, mas não perde o tom elegante. Discordou frontal e duramente dos dois civis. Terminado programa, levantou, cumprimentou-os até efusivamente, com  abraço carinhoso. Ninguém faz isso
INFLAÇÃO MENTIROSA MAQUIADA POR BANQUEIROS E AGIOTAS. A GASOLINA PARA FINANCIAR O CUSTO BRASIL. SOBE TUDO DO FEIJÃO AO AVIÃO. ELEIÇÃO 2018: NO MÍNIMO 18 CANDIDATOS A PRESIDÊNCIA.  A OUTRA METADE VAI NEGOCIAR O TEMPO NA TV, QUE O TSE EMPORCALHADO E OCUPADO COM AS URNAS ELETRÔNICAS, NÃO CONSEGUE DETER. OS LADRÕES CORRETORES ESTÃO NO BNDES E ACEITAM CARTÃO CORPORATIVO. DILMA E LULA TODOS JUNTOS POR UM PT NEFASTO.

ROBERTO MONTEIRO PINHO

A inflação medida pelo IPCA para o mês de dezembro foi de +0,44%. Os principais responsáveis pela alta foram os grupos de Alimentação e Bebidas, que passou de -0,38% no mês anterior para +0,54%, e Transportes, que passou de +0,52% para +1,23%. A inflação acumulada em 2017 ficou em 2,95%, abaixo do limite inferior de inflação.
No mês de janeiro de 2018 a inflação oficial ainda não fluiu para todos os brasileiros. Em fevereiro mês calça curta, (vai até 28) se crescer, e pode até ultrapassar previsões, pilotada pelo aumento dos combustíveis.
Pergunta que não quer calar, porque o país exporta petróleo e importa acima do preço que mandou pra fora? A gasolina brasileira atravessa fronteira para a Bolívia, ao preço de R$ 1,58 o litro. O fenômeno reflete nas cidades fronteiriças, os motoristas atravessam para o outro país para abastecer, ganhando a diferença e fugindo de uma gasolina de R$ 5,00 o litro.
IPTU, IPVA, despesas escolares, planos de saúde, transporte, balanço das estatais e das gigantes privadas, e a inadimplência galopa crescente para a perplexidade da sociedade sufocada e submetida à política de governo, cuja estabilidade é mantida com a compra de sustentação do poder, usando o dinheiro público.
Tudo oficial, e com a mão celestial dão famigerado STF.
A eleição deste ano se aproxima.
Figurões dos mais inusitados, tendo um global, militar, e representantes de seitas religiosas, crentes, católicos e ruralistas, todos catalisando segmentos na expectativa de chegar a um previsível segundo turno, com o decepcionante ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, antes senhor absoluto da oposição brasileira, agora um nefasto cidadão, prestes a ser levado para traz das grades.
Segundo analistas de plantão serão 18 candidatos a presidente. Mas nem todos ávidos pela cadeira presidencial. Os nanicos tentando ganhar visibilidade no horário eleitoral, para no segundo turno e então fazer a corretagem do apoio a um dos que suplantaram a primeira fase.
Os que não lançarem candidatos obviamente venderão os sagrados segundo para um legenda que melhor ofertar o lance do leilão do seu tempo na TV.
O fato é que a oposição se desmoralizou, tida como uma quadrilha que usa a flama ideológica, como biombo para suas falcatruas, enfrenta revelações das mais variadas, mesclada com escândalos e denúncias de corrupção em todas as esferas da republica.
Um governo com quatro dezenas de ministérios para alojar a corja insignificante, que na vida privada, nada fizeram, ou produziram, e se o fizeram, com raras exceções, tiveram a mão complacente do governo via BNDES e, CAIXA e BB.
Um sem número de incompetentes, nas tetas do governo federal, todos patrocinados pelas alíquotas do imposto de renda e taxas, exorbitantes.
Os trabalhadores da nação não podem ser punidos pela incompetência de poucos.
Se não for pouco, é eminente a quebradeira nas Bolsas de Valores do mundo. A
Bolsa de Nova Iorque padece no esplendor da artificialidade, puxada por especuladores que usam o dinheiro, pelo dinheiro e pouco se importam com a geração de empregos.
Quem duvidar é só entrar no site do Banco Mundial e ver, perspectivas econômicas e sociais para 2018.
Não se esqueça do voto em outubro. A procuração compulsória que os brasileiros se submetem a cada eleição, será o referendun para essa bandidagem oficializada, agasalhada pela mais alta Corte do país, o STF, e de um judiciário hostil, nefasto e distante da sociedade que os sustenta.
Março é o inicio do Deus nos acuda. Quem viver verá.


domingo, 18 de fevereiro de 2018

O GOVERNADOR PEZÃO FOI O ÚLTIMO A SABER
DA INTERVENÇÃO

HELIO FERNANDES

Ha uma semana o  assunto rolava no Planalto. Idéia inteiramente do Ministro Moreira Franco. Contou a Temer, identificou como “a maior operação militar contra o crime organizado". A Temer disse simplesmente, "você tem tudo a ganhar, nada a perder". Politicamente uma notável jogada, foi em frente, não precisava autorização.

Independente de quaisquer restrições, é um extraordinário articulador. Teve a competência de escolher como interlocutor, praticamente único, Raul Jungman. Nomeado por Temer, sua área de influencia e competência, é o Alto Comando militar. Moreira  conversando com ele, transmitia e recebia palavras de ordens.

Na terça feira, á noite, Moreira revelou  a Temer, que tudo estava acertado para a intervenção "unicamente"  na segurança. Comunicou que marcara uma reunião para o dia seguinte (quarta feira de cinzas) no Planalto, eles dois e mais Raul Jungman. 9 da manhã, Jungman chegou pontualmente, acostumado á rotina das reuniões militares.

Conversaram mais ou menos até meio dia, descobriram que faltava comunicar ao governador Pezão. Temer que se dizia "horrorizado" com  a violência que assistira no carnaval (pela televisão), disse eu falo com ele, e já estava ligando para Pezão. Falou: "Preciso que você venha imediatamente ao Palácio do Planalto, é urgente".

Surpreendido ouviu a resposta: "O governo do estado não tem avião, vôo comercial é complicado". Falou para Pezão esperar na linha, em segundos, engendraram a solução. Jungman, que estava de avião iria buscá-lo. Moreira iria com ele.

 Temer disse a Pezão, "vá para  o aeroporto, Moreira Franco vai conversar com você". Quem trocar a palavra conversar por buscar, acertará. Pezão, que não é muito brilhante, não estranhou nem perguntou  a razão da presença do Ministro da Defesa.

Às 4 da tarde já estavam no Planalto, Pezão começou, a saber, de tudo, perdão, quase tudo. Começou quando foi feita a comunicação, com todos os detalhes. Incluindo  os poderes da segurança, concentrados com o comandante Militar  do Leste, general 4 estrelas Braga Netto. Que alem do mais tem credenciais e formação em estratégia e política.

Já estava convocada uma coletiva, com os 4 e mais, o general Etchegoyen (que participou de tudo) o presidente da  Câmara, (que também foi deixado de lado) e o ministro Meirelles. (Por quê?). Presente o general Braga Netto, que se  manteve em silencio.Falou ligeiramente, no fim.

PS- Está ai a realidade que não foi contada, para mostrar os caminhos das decisões. Acho arriscadíssimo com resultados duvidosos, mas estou a favor, já escrevi minha convicção sobre o assunto.
PS2- Logo depois, Pezão deu entrevista, garantindo: "estou feliz que minha idéia tenha sido aproveitada, era indispensável". Cada um diz o que quer.

PS3- O general Braga Netto assumiu enorme responsabilidade. Admitamos que massacre o crime, o estado incorpore suas responsabilidades.

PS4- Mas não pode ficar por aí. Nos morros não pode repetir a UPP, uma ótima idéia, desperdiçada. Faltou o SOCIAL. Transformar cada favela num bairro, igual aos outros, onde se possa morar tranquilamente.

PS5-Quanto á violência na planície, o exercito não tem nada com isso. È a rotina da repressão nas grandes cidades.

PS6- Como NY, considerada a cidade mais segura do mundo. E já foi dominada pelo crime,  antes do projeto,"tolerância zero."

PS7-Este é o "bastidor" EXCLUSIVO, de tudo que aconteceu e ninguém ficou sabendo. A partir daí, em todos os lugares, principalmente televisão, inseparáveis: o presidente corrupto, o governador Pezão, ignorado e ignorante, e Moreira Franco, inspirador e articulador de tudo.

ESCOLA DE SAMBA TUIUTI, SENSAÇÃO DO SAMBODROMO (1)

Como foi a primeira a desfilar, logo na abertura, assisti do inicio até o fim. Não precisei de mais de 10 minutos, para compreender que a Tuiuti não estava disputando prêmios, nem concorria com a Portela, Mangueira, Império Serrano, Salgueiro, Mocidade.
Seu objetivo foi logo percebido, conquistou a multidão. A Tuiuti queria fazer historia, contar a historia como ela é, retirá-la dos subterrâneos, revelá-la de forma verdadeira, mostrar o que tantos têm medo que seja contado.

Imediatamente se transformou na grande atração do Desfile 2018. Não foi ultrapassada por nenhuma outra, mesmo por que, como ficou bem claro, as  Escolas repetiam os outros carnavais, com maior ou menor criatividade carnavalesca. 

Fiquei  tão impressionado com a audácia da Tuiuti, que estou preocupado com o que os "donos"  do carnaval, do  Sambódromo e dos camarotes, reservam para ela. Não só ainda para este ano, mas também para os próximos. Terão coragem de rebaixa - la? Não acredito.

PS- Mas dentro da filosofia (?) dos senhores de todos os espaços da maior festa popular do mundo, a verdadeira Historia do Brasil, não pode ser contada limpamente para o povo.

PS2- Estão tramando a represália, a palavra de ordem, é: "A Tuiuti, dessa forma, nunca  mais".

PS3- Está amanhecendo a "quarta feira de cinzas", alguma coisa vai acontecer.
PS4- Infelizmente não conheço ninguém da Tuiuti, nem existe tempo para contato.

PS5- Haja o que houver, a Tuiuti tem o meu aplauso. Eu, durante a vida inteira, e eles inesperadamente, perseguimos o mesmo objetivo.

PS6- Contar ao cidadão, de todas as formas, a VERDADEIRA HISTORIA DO BRASIL.
PS7- Nenhuma restrição ou demérito a Rosa Magalhães, Paulo Barros, e tantos outros que fazem o  carnaval profissional. Que capacidade.

SAMBÓDROMO: OS MALABARISTAS DA PONTUAÇÃO (Final)

 Acordando ás 7 da manhã, deixei no computador a mensagem da exaltação e da coragem, que chamei de grande libelo da Tuiuti, sensação e  consagração. A  repercussão ultrapassou de muito o próprio face, apavorou os senhores do desfile, provocou reuniões e mais reuniões.

Postada a matéria, afirmando e perguntando o que fariam para eliminar a Tuiuti. A partir do inicio da apuração, não nos deixaram ver, apenas entrever o que aconteceria, diante da enxurrada de notas 10, que  passaram para 9,9, depois 9,8. Com a Tuiuti até em 3% lugar na media total.

Mas  a contagem foi evoluindo, chegamos á final, a Beija Flor um décimo á frente da Tuiuti. Se precisasse de um esclarecimento para esse placar, seria este. Hipocrisia da Beija Flor, emoção e convicção para Tuiuti. Falsidade do enredo da primeira colocada, autenticidade para  a segunda.

E não podemos deixar de chamar a atenção para um quesito importantíssimo. Talvez o mais importante da competição, seja o Samba Enredo. Pois aí começa e termina tudo. Todos os  julgadores deram nota 10 para o Enredo da Tuiuti.

PS- Essa escola que vai  desfilar no sábado, para todo o Brasil. (Desfilou ontem, aplaudidíssima).

PS Mostrando nota 10 em convicção, em credibilidade, em autenticidade.
PS3-  E NOTA MIL em historia do Brasil, a verdadeira.

JOÃO DORIA NO SAMBODROMO: ENTRE DESFILAR OU SE DESFILIAR

È difícil encontrar alguém tão confuso e complicado. Eleito pelos votos do governador Alckmin, errou de afirmação e de endereço. Antes da posse como prefeito, já  começou a articulação do próprio nome, como presidenciável.

Mostrou um slogan, fingiu que convencia, exibiu como bandeira e roteiro inicial: "Não sou político, sou gestor". Mas complicou e se confundiu tanto, que mergulhou na politicalha e ficou distante da posição do gestor. (Administrador). Não conseguiu se firmar como prefeito, tentou fixar um perfil de presidente da Republica.

Passou a viajar com insistência, pelo Brasil e pelo mundo. Cobrado  por essa biodiversidade, fingiu que enganava: "Com a nova tecnologia, posso estar ao mesmo tempo em outros lugares e na prefeitura". Não percebeu que perdia a prefeitura e não encontrava o caminho de Brasília.

Finalmente abandonou esse primeiro objetivo e se lançou como candidato a governador. Sem votos próprios e sem legenda, usou as palavras popularizadas por dois corruptos, Temer e Jucá, rapidamente DESEMBARCOU dessa nova candidatura.

Tentou então a terceira, o senado. São duas vagas, foi convencido  por amigos, que poderia se  eleger até com facilidade. Se tivesse caminhado inicialmente por esse caminho, até razoável. È moço, em 2022 tentaria o Planalto. Mesmo que não se elegesse presidente, ainda teria mais 4 anos no senado.

PS- Marcou encontro com varias pessoas no Sambódromo, "todos estariam lá".

PS2- Para o senado precisa se filiar a um partido. Nem isso consegue.

PS3- Perto dele, o Huck é um gênio. Mas  os dois têm uma data chave: 7 de abril.
PS4- Faltam exatamente 50 dias, improrrogáveis.

PS5- Como me fartei de dizer, o Huck desistiria antes. Já confirmou a desistência.

O CRIME ORGANIZADO, TEM QUE SER DERROTADO, DECAPITADO, DESMONTADO

Até janeiro de 1963, o presidente João Goulart governava monitorado por um golpe militar parlamentarista. Dividia o poder com um Primeiro Ministro, inicialmente Tancredo Neves. Ficou estabelecido que em 6 de janeiro de 1963, haveria um plebiscito, para decidir entre presidencialismo e parlamentarismo.

Houve, o presidencialismo obteve milhões de votos a mais, Jango começou a governar sozinho. Quase imediatamente mandou mensagem ao Congresso, determinando intervenção na Guanabara. Queria atingir o governador Carlos Lacerda.

Os lideres dos dois maiores partidos que o apoiavam, senador Amaral Peixoto, PDS e Doutel de Andrade, PTB, se assustaram.

Procuraram Goulart, foram categóricos: "Presidente, não ha clima nem justificativa para intervenção. Temos votos mas não podemos utilizá-los". Jango viu sua mensagem na mão de Doutel, pediu, rasgou-a, acabou o problema.

Agora, a situação é inteiramente diferente. As palavras são parecidas mas não paralelas, o objetivo é convocar as Forças Armadas para descriminalizar o estado. Foi necessário usar a palavra intervenção, localizando-a na segurança, nada a ver com o governo, que, aliás,  está na linha de frente, com seu governador Pezão.

Nem precisava a explicação, pois o fato é  rigorosamente verdadeiro: em matéria de estratégia e ação contra o alucinado e alucinante crime organizado, todos os poderes estão com o general de 4 Estrelas, Braga Netto. Tinha e tem que ser dessa maneira. Deixaram a população do estado e da capital, Rio de Janeiro, impiedosamente seqüestrada por bandidos, milicianos ou traficantes.

Alguns idiotas da subserviência e da ignorância, começam a levantar questões, estabelecer restrições, insistindo "que é muito poder para o Exercito”. Obrigaram o general Etchegoyen (Chefe da antiga Casa  Militar) a explicar publicamente: "Não existe o menor perigo para a democracia". Mesmo com as Forças Armadas, o crime organizado avançou tanto, que a missão para destruí-lo precisa do apoio de todos.

PS- A população dos morros  e da planície, respira aliviada. Os bandidos dominaram de tal maneira, que ninguém está seguro, em casa ou na rua.

PS2- Embora as coisas pareçam muito estranhas, é a primeira decisão notável, e que merece até aplauso e entusiasmo.

PS3- Se fosse  feita uma pesquisa no Rio, de cada 10 pessoas ouvidas, 8 (no mínimo) estariam a favor da liquidação dos bandidos, milicianos e traficantes.