Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

terça-feira, 11 de julho de 2017

MUITOS QUEREM A PRESIDÊNCIA, RODRIGO MAIA, QUER VOLUPTUOSAMENTE 

HELIO FERNANDES

Aliados passaram a adversários, legendas se deterioram ainda mais, amigos se transformaram em inimigos. Mas nenhuma mudança ou divergência foi tão grande quanto a que atingiu a aliança e quase intimidade entre Temer e Maia.

Quando Temer e Cunha se aliaram na conspiração parlamentar para chegar ao poder, já eram corruptissimos. Mas Temer cuidou de esconder seus crimes, enquanto o então presidente da Câmara, recebia dinheiro ilícito das mais diversas fontes. Até que desesperado por mais dinheiro, teve que concordar em marcar encontros criminosos nos porões do palácio. Flagrado, gravado, denunciado, é um morto silencioso, mas repudiado por todas as ambições. As dele e as dos outros. Principalmente Maia.

Quando Temer traiu Cunha, e alimentou sua cassação, vagando a presidência da Câmara, ninguém imaginava que o cargo fosse para Maia. Nem ele. Quando o presidente Temer indicou seu nome, surpresa total. E consumada a eleição, Maia foi protagonista de um fato de certa maneira emocionante. Chorou, foi carregado pelos que votaram nele, se descabelava, e afirmava, o mais alto que podia: "Nunca imaginei que isso poderia acontecer".

Agora a situação para ele, ganhou outros contornos e características. Recebeu o lançamento e a coordenação do seu nome para substituto de Temer, com a maior naturalidade, como se fosse um direito de conquista. No momento em que Temer troca 19 membros da CCJ, e ainda assim sofre uma derrota, só existe um candidato presidencial, altivo e altaneiro. Rodrigo Maia, filho de Cesar Maia. Os dois morando em esplendidos apartamentos em São Conrado. Em 2 edifícios diferentes.

Nenhum deles tem como explicar a propriedade. E Cesar foi prefeito, tinha o poder de aumentar naquele lugar lindo e nobre, o gabarito de 4 andares. Para 10. Principalmente porque esses edifícios eram construídos e vendidos, por uma grande empresa de comunicação, na época não  tão poderosa quanto hoje.

Que REPUBLICA. Que PRESIDENTE. Que SUBSTITUÍDO, Que SUBSTITUTO.

 O EXTRAVAGANTE  ADVOGADO DE TEMER

Arrogante e esfuziante parecia mais advogado de acusação. Não negou a principal denuncia contra seu cliente: a conversa com um corrupto notório, nos porões do palácio. O causídico tentou amenizar, dizendo que "eles já se conheciam". Mais do que isso, eram amigos desde a campanha de 2014. Quando o vice Temer foi a primeira vez na sede da JBS, tratar de dinheiro. Ficou o dia inteiro lá, e ao sair deu o numero do seu celular a Joesley.

O defensor disse textualmente: "Não deram ao meu cliente, nem o beneficio do em dubio pro REU". Ele reconheceu, criticou a injustiça. Se Temer não for AUTORIZADO agora, ainda virão outras. Com esse advogado e essas acusações, Temer não poderá enfrentar a opinião publica. E os deputados que votarem pela salvação de Temer, muito menos.

O VASCO INJUSTIÇADO, EURICO MIRANDA PRESERVADO

O episodio do jogo com o Flamengo, foi dramático,vergonhoso, criminoso. Mas a culpa não é do clube ou do Estádio. È pessoalmente do presidente do clube, de toda a diretoria, da administração. Eurico Miranda ROUBOU a eleição (quer repetir agora, está em plena campanha), nomeou todos esses bandidos, que  dilaceraram um dos maiores clubes do Rio

No dia seguinte, o presidente da CBF, Del Nero, corrupto confessado, que não pode sair do Brasil com medo de ser preso, proibiu jogos no Estádio Histórico com publico. E o Tribunal (?) esportivo (?) foi mais longe: interditou o Estádio por 25 jogos. Não houve julgamento, e mesmo quando julgam, prevalece o interesse subalterno e da politicalha.

Precisam INTERDITAR o presidente do clube e toda a diretoria, IMPEDINDO que ROUBEM outra eleição, que não demora.

SURGIU UM PARTIDO 

È o PODEMOS, palavra que teve grande importância na campanha eleitoral, que levou Obama á presidência. Já tem candidato a Presidente da Republica: é o senador Álvaro Dias. Duas vezes governador do Paraná, está no segundo mandato no Senado. Em 2014, teve 67% por cento dos votos do estado.

Em matéria de credibilidade, total. E em se tratando de Lava-Jato, distancia completa e absoluta, apesar dele ser do Paraná. Um nome pelo menos para examinar, a competência com que exerceu e exerce a vida publica, pra avaliar.

TEMER, CORRUPTO, TOLO E PRESUNÇOSO

Nunca vi alguém despencar tão ruidosamente. Numa carta declarou, "sou um vice decorativo". Logo depois começou a conspirar para chegar ao poder. Se julgava impoluto, mas fez uma grande sociedade com Eduardo Cunha. E quase no mesmo momento, com o bandido Joesley Batista. Desvendado, investigado, correndo riscos e  em pânico, acabou de afirmar: "respeitarei a votação  da Câmara".

Ao mesmo tempo faz todos os malabarismos e mistificações, para fraudar, recusar ou interromper o processo. Como pode enganar tantos, tanto tempo?

MEIRELLES-MAIA

Desde que chegou da Argentina, esteve 2 vezes com o Ministro da Fazenda. Deixou bem claro, que não estava ali como presidente da Câmara. No segundo, foi mais conclusivo e esclarecedor. Meirelles saiu da casa de Maia com a mesma satisfação com que saiu do palácio de Temer, convidado para o cargo que ocupa.

CONTINUA O COMBATE PELO DOMINIO DA CCJ

Ontem noticiei que 19 deputados foram drasticamente substituídos. E a mudança violenta e truculenta continuou. Ordem de Temer: "Precisamos ganhar de qualquer maneira". Como na CCJ são 66 efetivos e 66 suplentes, continuarão. Ao mesmo tempo, Temer diz na televisão: "Respeitarei o resultado da votação". Farsante, corrupto, sem ética e sem credibilidade, nem percebe a repercussão negativa que provocará no plenário.

Logo que chegou da Alemanha, se reuniu com Maia e Eunicio. Está com total falta de confiança no presidente da Câmara, tenta substituí-lo pelo presidente do Senado. Mas este tem pouca penetração entre os deputados. E ontem, no começo da reforma trabalhista, Eunicio teve que enfrentar uma revolta, precisou desligar luzes e microfones. E para realizar a sessão, precisou convocar reunião,negociar concessões. 

Mesmo aprovando a reforma Trabalhista, nenhum sucesso para o governo, pelo contrario. Os protestos chegam muito mais de fora do Congresso. E as mudanças na CCJ, provocam protestos e revoltas, juristas respeitados, proclamam: "Isso acaba com a credibilidade do Legislativo, que já não é muita".

 DECISÕES DO PLANALTO

Ontem, apressadamente, se reuniram diretamente com Temer, para executar o que chamaram de represália. E decidir o que fazer para reprimir os aliados rebeldes. Resolveram o seguinte.

1- Farão um relatório alternativo, contestando o do relator.

2- Tentarão expulsar do PMDB, o relator Zveiter, ou pelo menos promover intimidação.

3- Não realizar o  recesso, qualquer que seja o volume dos protestos.

4- A votação do plenário tem que começar na sexta feira, haja o que houver.

5- O presidente da CCJ tem que cortar o tempo de todos os oradores.(Já recusou).

¨6- A ultima e mais surpreendente: Temer que ha dezenas de anos preside o PMDB,vai ocupar o cargo, com todos os poderes. Textual: acredita que no momento, esse é muito mais efetivo e direto.

7- Tradução: está assustado e apavorado, mas diz contraditoriamente: "Sou um vencedor, não vou perder a ultima batalha".

A SUCESSÃO SEM ELEIÇÃO

Muita gente quer ocupar o Planalto, mesmo que seja por pouco tempo. Alguns consideram que estando no palácio, existe mais possibilidade de prorrogação. Citam até o caso de Temer, que se considerou "vice decorativo", e foi promovido. Se no momento enfrenta enormes dificuldades, a culpa é dele mesmo, corrompeu e se corrompeu exageradamente.

PS- Assim que a crise começou, quem tentou atuar por todos os flancos, foi FHC.

PS2- Sempre contraditório, pretendeu jogar um jogo para o qual não tinha cacife. Repudiado,  prejudicou muita gente e se prejudicou profundamente.

 PS3- Considerando que lá fora pode ter melhores chances, viaja hoje para o exterior. Mas deixa gravada uma entrevista de televisão.  Que pode atingir muita gente.

PS4- Menos empresários muito ricos, aos quais se ligou prejudicando o país. E foram beneficiados pelas bilionárias DESONERAÇÕES.

PS5- Amanhã relato aventuras do ex-presidente, pelos caminhos da arrogância, presunção e autosuficiencia.  Depois do vazio que ficou no país. Com o fracasso e bandidagem de Temer-Cunha. Um deles já preso e a caminho da DELAÇÃO. 

PS6-Reunido ha dias, o PSDB cada vez se aproxima do abismo, a divisão é total. FHC resolveu viajar, por causa de uma discussão dura com Aécio. Disse que ele não devia tentar reassumir a presidência do PSDB.

PS7- Aécio falou, "vou reassumir". Já era noite, mas tudo  escureceu mais ainda. No total, Aécio tem o voto dele e mais dois. Na cúpula não tem nenhum.


Nenhum comentário:

Postar um comentário