Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quinta-feira, 6 de julho de 2017

O GOVERNO NÃO ESTÀ NA UTI: È VERDADE, QUEM ESTÁ É O PRESIDENTE CRIMINOSO

HELIO FERNANDES

Reconheço que defender Temer neste momento e com montanhas de acusações mais do que visíveis e evidentes, é tarefa homérica. Principalmente para um advogado que tem tudo para ser e ficar revoltado com a Lava-Jato. É publico e notório que não foi Ministro da Justiça logo que Temer assaltou a sede do poder, por um fato inegável apesar de negociável. O advogado não pôde ser Ministro da Justiça.

Uma divergência que não conseguiu ser eliminada. O advogado escrevera e publicara um documento violentissimo tentando destruir a Lava-Jato. Diante disso, o presidente provisório, não teve a AUDACIA de nomeá-lo, embora ele tivesse a CORAGEM  de assumir.

Agora, 14 meses passados, se cruzaram no mesmo caminho. O trabalho do advogado de defesa é sempre muito difícil, embora ele possa ser criticado, mas não condenado. O lugar comum irrefutável: advogado de defesa tem que defender. Mas como obter sucesso com um cliente que pode, deve e tem que ser identificado como CRIMINOSO EM SERIE.

 (Desculpem se essa frase já foi usada para criminalizar Geddel Vieira, "o papudo  da Papuda", na constatação altamente jornalística do Chico Caruso. Mas não adianta estar criando frases novas, se já existem algumas irrefutáveis. E esse grupo de Temer, a começar por ele mesmo,é todo corrupto e indefensável. Sem exceção).

 A DEFESA INDEFENSÁVEL

Compreendendo, desde o inicio, que não tinha argumentos aceitáveis, decidiu por caminhos que considerou viáveis, não para a vitoria  na Corte Suprema, mas pelo menos para agradar e convencer os 172 deputados, que precisam votar a favor de Temer. Para isso,duas redundancias. Atacar e combater a Lava-Jato e consequentemente as DELAÇÔES, que atingem e assustam uma grande parte dos deputados.

Por outro lado, ele acreditou e acredita que pode mobilizar atenções e votos no Supremo. E facilita o  trabalho de 90 laudas, seu arquivo é riquíssimo, vem acumulando ha muito tempo, uma tentativa  de ser considerado o grande adversário das delações. Só que na acusação não existe nem uma linha sobre o assunto.

Por outro lado, tenta infantilmente desfigurar as acusações, que estarrecem e estarreceram a todos: o encontro com o corrupto-corruptor Batista  nos porões do palácio .Leva a questão para problemas  com o gravador,ou ele não sabia quem iria, "acreditou que fosse um empresário". Nada disso tem  a menor importância, a defesa tenta provar o fato incontestado.
E que já foi CONFESSADO pelo próprio presidente criminoso. Marcou o encontro com o também criminoso da JBS de quem era amigo desde 2014 (ainda vice e candidato á reeleição) quando foi á sede da empresa tratar de doação, inicialmente de  50 MILHÕES, para acalmar deputados e senadores do PMDB.

Tudo isso contei aqui, minuciosamente. Indefensável. E não há defesa para o encontro. Isso antes de assumir a condição de provisório. A partir daí, foi acumulando crimes e mais crimes, todos de corrupção. Como protagonista ou como cúmplice de íntimos que estão presos. Vários. Muitos. Diversos.

A SEGUNDA INSTANCIA DE CURITIBA

É quem confirma ou revoga s decisões do juiz Sergio Moro. Tem agido com independência e competência. Só que ás  vezes lenta e outras mais apressadamente. No primeiro caso: estão ha quase 3 meses para decidir sobre a mulher de Eduardo Cunha e de serginho cabralzinho filhinho, surpreendentemente absolvidas por Moro. O Ministério Publico  recorreu, sabem que precisam revogar a decisão,engavetaram.

Segundo caso: Palocci, condenadissimo, receberam e confirmaram  a decisão de Moro,imediatamente.Agora, seguindo  a ordem das instancias, pode recorrer para tribunais superiores. Foi beneficiado, é um corrupto, desde prefeito de Ribeirão Preto. Duas vezes Ministro, nas duas roubou muito. 

A REVOLTA DO MUNDO ARTÍSTICO: O FORA TEMER É A PALAVRA DE ORDEM

Tendo como base a musica popular "XÔ VAMPIRÃO"  composta pela dupla Xande de Pilares e Mosquito, um grupo de grandes personalidades do mundo intelectual e artístico, se reuniu nesta quarta feira, com um único objetivo: transformar em realidade o slogan FORA TEMER. Presentes representantes das mais diversas tendências até mesmo políticas. Mas todos neste momento convencidos de que a união de todos tem que ser com base na expulsão de Temer do poder. 

Além do FORA TEMER, e que para isso seja uma conquista nacional, todos concordaram: "Temos divergências não só intelectuais mas também políticas, no entanto, neste momento estamos todos do mesmo lado e lutando a mesma luta."

Estavam presentes, as mais diversas personalidades, mas praticamente todos de repercussão nacional: o Senador Randolfe Rodrigues, os Deputados Marcelo Freixo e Alessandro Mollon, Caetano Velloso, Matinalia, Teresa Cristina, Aline Moraes, Paula Lavigne, Renata Sorrah, Valeska, Leticia Sabatella, Ernesto Neto, Pablo Capilé do Midia Ninja, Flavio Tambeline, Janaina Diniz Guerra, e dezenas de outros.

Conversaram durante horas sobre medidas para que essa batalha tenha o maior sucesso. Por exemplo: resolveram procurar o relator na CCJ Sergio Zveiter, não para pressioná-lo, mas mostrar a ele a grande responsabilidade que lhe coube inesperadamente. E vão dizer: "Como o senhor afirma publicamente que é independente, queremos que transforme essa declaração numa realidade nacional, votando a favor da autorização para que o Supremo possa investigar o Presidente." 

Muitos artistas gravaram frases em vídeo, mas a quase unanimidade dos presentes se fixou nesta, que é simples mas rigorosamente afirmativa : "ZVEITER, ESTAMOS DE OLHO EM VOCÊ".

O objetivo é procurar o deputado o mais rapidamente possível. E também manter contato com pessoas das mais diferentes posições. Porque é preciso repetir: no momento, só existe uma idéia, um pensamento, um objetivo:

EXPULSAR TEMER DA PRESIDÊNCIA.

Todos concordam que é a única solução para uma espécie de coalizão em nome do País.

NA ALEMANHA:

Manifestação contra o G-20

Ainda não começou, mas o povo está nas ruas protestando. Em Hamburgo, onde nasceu a chanceler Angela Merkel. Alguns, como são vizinhos da própria Europa ainda não chegaram. Em Hamburgo, moram muitos brasileiros.

E como Temer já chegou, imaginavam que fosse ramificação FORA TEMER na UE.Infelizmente não era .Mesmo que fosse ele não chegaria nem na janela.

DIVISÃO NA CCJ

Anteontem, , quando foi escolhido relator, o deputado Zveiter, empolgado e entusiasmado não saiu  da TV, sempre repetindo: "Sou independente, ninguém me pressiona ou intimida". Ontem seu primeiro ato foi convocar o Procurador Geral para depor.


O presidente da CCJ recusou imediatamente. O relator, assim que foi escolhido, declarou, "fui duas vezes presidente da OAB do Estado do Rio". A impressão é que não leu a Constituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário